PSDB não deve seguir com Flávio Dino; DEM se aproxima

Conforme abordou o jornalista Diego Emir, o PSDB não deve mesmo seguir a caminhada eleitoral de 2018 com o Partido Comunista do Brasil. Quem levantou a suspeita foi o secretário de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista (PSDB-MA). Em evento no Palácio dos Leões, o secretário contou que “realmente não sabe se o PSDB fica com Flávio”. Veja a reportagem de Diego Emir.

O Democratas pode crescer com a crise política no Brasil e ampliar seu tempo de televisão. Barganha para eleições estaduais

Por outro lado

Se o PSDB sinaliza que não pretende caminhar com os comunistas em 2018, outro partido de centro procura espaço no governo do PC do B. É o caso do Democratas que para “fechar” com o partido de Flávio Dino falta detalhes como definir o espaço do partido dentro do governo maranhense. O presidente da câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), comemorou a candidatura de Bolsonaro à presidência pelo Partido Ecológico Nacional. Na ótica de Maia, Bolsonaro vai representar a extrema-direita e o Democratas pode ganhar espaço mais ao centro e uma das sinalizações que o partido não é radical é a aproximação com o PC do B.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *