Rádio Nova FM estreia em São Luís no dia 17 de setembro

Novidade no dial do rádio. A partir do dia 17 de setembro, São Luís ganha mais uma faixa de Frequência Modulada.

Nova FM terá a freqüência 93,1 FM

Recentemente o mercado radiofônico ficou triste com a notícia do fechamento de uma rádio FM, a Rádio Cidade FM deixaria de existir dando o espaço de sua programação para uma igreja evangélica. Os mais nostálgicos ficaram com medo de ter um efeito dominó e acabar atingindo outras emissoras e o tão propagado fim do rádio, realmente acontecer. Porém nos últimos anos os números têm mostrado outra realidade para o mercado publicitário e de rádio.

Queremos fazer uma programação que tire a rádio dessa bolha que foi criada da segmentação local, regional. Que é só forró, sertanejo e arrocha.

Nilo Gomes, radialista e diretor da Nova FM

Uma pesquisa do Instituto IPSOS apontou que a rádio tem o dobro da audiência da TV durante o período matutino. É nesse cenário de incertezas e promessas que surge a NOVA FM 93,1, que se propõe provar que o veículo rádio ainda tem forte presença na vida das pessoas, ou melhor, dos ouvintes.

“Aqui é um estúdio super avançado, primeiro que é no coração de São Luís, debaixo de uma torre, um lugar super energizado. É um aquário, podemos ver daqui o Centro Histórico, a parte nova da cidade.”, assim a idealizadora da NOVA FM, Paulinha Lobão, iniciou a conversa com a reportagem de O Imparcial, que visitou o estúdio da rádio, localizado na Camboa, com vista para a ponte Bandeira Tribuzzi.

A rádio nasce da primeira migração AM / FM em São Luís. A rádio Difusora AM, que foi fundada no ano de 1955, vai migrar para a faixa FM com um novo DNA. Um movimento que deverá acontecer com outras rádios AMs. Sobre qual vai ser a trilha sonora predominante da rádio, o diretor da rádio, Nilo Gomes, definiu a rádio como “adulta-hits”, ele explica que a preocupação da rádio vai ser com a qualidade mas não vai deixar de tocar os hits do momento. “Mas não vamos forçar um sucesso tocando a mesma música o tempo todo.”, disse.

O nosso processador de áudio só tinha quatro no Brasil, trouxe ele no colo

Paulinha Lobão, idealizadora do projeto Nova FM

“Queremos fazer uma programação que tire a rádio dessa bolha que foi criada da segmentação local, regional. Que é só forró, sertanejo e arrocha. Vamos voltar ao modelo de rádio que você ouvia Michael Jackson, Elton John, a Madonna. Você estava no interior mas ouvia um artista mundial.”, completou Nilo Gomes.  Indagado sobre como vai ser a fórmula de não tocar músicas populares e, ainda sim, ter audiência, Nilo disse que “A audiência vai ser consequência do trabalho que vamos fazer.”

Multimídia

A rádio está inserida no momento multimídia da comunicação e não menosprezou essa realidade. Equipada com um estúdio de TV dentro da rádio, ela será transmitida em áudio e vídeo através da Internet. “Nós temos uma produtora de vídeo e áudio aqui em baixo. A banda vem, toca na rádio a gente já grava. Pode fazer tudo aqui”, contou Paulinha. O estúdio vai ter espaço para quatro locutores, um palco com todos instrumentos pronto para qualquer banda se apresentar, além de 8 câmeras que vão dar suporte para a geração do conteúdo em vídeo.

O investimento na parte técnica vai garantir que a operação de áudio sobre IP, sem fio, totalmente digital. Já garantindo a distribuição do som em fibra óptica. “O nosso processador de áudio só tinha quatro no Brasil, trouxe ele no colo”, orgulhou-se Paulinha Lobão. A empresária esteve a frente da rádio Difusora 94,3 FM durante anos, chegando a conquistar o primeiro lugar em audiência. Perguntada sobre a diferença de gestão dos dois projetos, Paulinha explicou “Quando assumi a Difusora era uma rádio já conceituada, com uma história e eu era inexperiente. Hoje eu tenho já uma experiência profissional e estou pegando um bebê pra criar. Hoje eu sei o que vou fazer. Fiz algumas experiências na Difusora FM, cometi muitos equívocos mas cometi muitos acertos. As coisas boas que eu fiz lá, ainda estão no ar. Pegando a Nova a gente vai voltar a ter uma rádio de qualidade para a família e uma rádio que toca música de qualidade”.

Jornalismo

A rádio vai manter a equipe jornalística que hoje atua pela parte da manhã na Difusora AM. Os jornalistas Diego Emir, Andrezza Cerveira e Osvaldo Maia devem ser protagonista do rádio-jornal matutino, logo no início da manhã. A digital influencer fitness, Tatiana Lobão, vai fazer sua estreia no rádio, mas Paulinha não deu pista de como será o programa. “Só posso te dizer isso, vai ser surpresa”. A programação vai acolher também outros nomes do rádio como Silvana Lobato, The Paul, Nilo Gomes e a própria Paulinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *