Eleito na chapa comunista na eleição de 2014, o senador tucano Roberto Rocha (PSDB-MA) apresentou um Projeto de Lei no Senado visando acabar com o “monopólio da Ubes e UNE”. Ao blog Antagonista, o maranhense diz que a carteirinha estudantil é uma fonte de receita para o Partido Comunista do Brasil.

“Depois do PT no governo, os estudantes só podem tirar carteira de estudante nessas entidades. Quanto cada uma? 35 reais. Multiplique por milhões de estudantes em todo o Brasil. É fonte de receita para o PCdoB. Uma patifaria”, disse Rocha a O Antagonista.

A carteirinha é obrigatória para ter direito a meia-entrada.

O assunto também foi destaque na Rádio Jovem Pan. Confira o vídeo abaixo:

Para receber notícias primeiro que todo mundo, participe do grupo do WhatsApp. Clique aqui para participar.

Publicado por Pedro Igor de Almeida

Fique a vontade para comentar e compartilhar notícias neste site. Participe do Grupo do WhatsApp e receba todas as notícias primeiro. https://bit.ly/2IYh7Bi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *