BRASIL – O preço médio da gasolina para o consumidor brasileiro atingiu na semana passada o valor recorde no ano de R$ 3,850 por litro. Os dados são do Levantamento de Preços e de Margens de Comercialização de Combustíveis (LPMCC) da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), feito entre os dias 3 e 9 deste mês e divulgado ontem (12).

A pesquisa analisou 3.160 postos e encontrou preço mínimo de venda da gasolina de R$ 3,149 e máximo de R$ 4,950. Para as distribuidoras, o preço médio da gasolina por litro alcançou R$ 3,410.

Em relação ao etanol, o preço médio por litro vendido para consumo foi de R$ 2,612 na semana pesquisada, atingindo valor de R$ 2,265 na distribuidora. Já o litro de diesel chegou ao consumidor pelo preço médio de R$ 3,150 e à distribuidora por R$ 2,759.

O Levantamento de Preços e Margens de Comercialização de Combustíveis abrange preços pesquisados em 459 localidades brasileiras.

Por conta do feriado estadual,  nesta segunda 28 de agosto, não haverá atendimento nas agências e postos bancários no Maranhão. A comemoração, em forma de feriado, do Dia dos Bancários do Maranhão foi instituído pela  Lei Estadual nº10.100 de 2014. O sindicato dos bancários informam que os boletos bancários com data de vencimento em 28 de agosto poderão ser pagos na terça (29), sem prejuízos ao consumidor. Os bancos se organizam previamente para evitar vencimentos nesse dia.

A festa é no domingo

No domingo (27), na sede recreativa do sindicato, haverá programação cultural para os funcionários. A sede fica localizada no Turu, em São Luís. A partir das 8h o Torneio Início de Futebol Society, que inicia o 38º Campeonato Bancário.

Às 12h ocorre a premiação dos vencedores e será servido, gratuitamente, o tradicional churrasco para a categoria. Os grupos Feijoada Completa, de samba, Taís Moreno e Banda e Forró Estilizado são atrações confirmadas na programação.

Em Imperatriz, a categoria comemora a data neste sábado (26), na Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB), com a banda de forró Farra de Luxo e da banda Assalto (pop&rock). Também serão sorteados prêmios aos bancários

Quando o Uber quer conquistar novos usuários, a empresa lança mão de várias estratégias. Corridas grátis, cupom de desconto de R$ 20,00, open bar no carro e outras vantagens que atraem o cliente. As corridas grátis, ou cupons, por exemplo não são repassadas ao motorista. O cliente simplesmente não paga e o motorista mesmo assim recebe.

Mas o assunto não é esse.

Diante o imbróglio criado pela Câmara Municipal de São Luís; quer não quer votar o projeto que regulamenta o Uber. Os taxistas resolveram fazer um ”protesto positivo” contra o Uber e mostrar que os clientes não são contra os táxis.

Leia também:

Câmara de SL quer transformar Uber em táxi

O inimigo é outro. A briga de Táxi x Uber

Anunciaram que vão cobrar apenas R$ 5,00 para corridas realizadas nesta sexta-feira, 25 de agosto. Só que não é bem assim. Cada corrida custará, na realidade, R$ 20,00. Haja vista que os taxistas fizeram suas regras para o protesto ser lucrativo.


Em São Luís-MA, a bandeirada do táxi é R$ 4,50  e cada KM rodado na bandeira 1 é R$ 2,90; na bandeira 2 o km rodado é R$ 3,30


Para fazer valer os cinco reais tem que ser da seguinte forma. As corridas tem que ter uma distância de até 7km. O carro tem que sair lotado, ou seja, com 4 passageiros mais o taxistas. E cada um paga R$ 5,00. Ou seja a corrida na realidade sai por R$ 20,00.


Para comparar, uma corrida de Uber do Turu ao Shopping da Ilha  com um percurso de 6,5km a corrida sai por, em média, R$ 12,19


Agora se a pessoa fosse sozinha e pagasse o valor da corrida com o taxímetro ligado, quanto daria? Vamos analisar. Hoje a bandeirada é R$ 4,50. Como o trajeto escolhido pelo “projeto” é de 7km a corrida, sem a bandeirada, sairia no valor de R$ 20,30. Com a bandeirada, o valor total da corrida sairia por R$ 24,80. Ou seja, na realidade, o protesto está tirando apenas a bandeirada de R$ 4,50 e mais um desconto de R$ 0,30.

É assim que os taxistas escolheram lutar contra o Uber. Lucrando muito.