Iniciam nesta segunda-feira (14) as inscrições para a XI Semana Maranhense de Dança. Os interessados em participar do processo seletivo devem realizar a inscrição no site do Teatro Arthur Azevedo (www.cultura.ma.gov.br/taaaté às 23h59 do dia 14 de setembro.

O evento acontecerá entre os dias 30 de outubro e 05 de novembro nos teatros e casas de cultura da cidade. A programação será gratuita e inicia com cortejo de diversos segmentos de dança pelas ruas do Centro de São Luís.

Podem se inscrever para o seletivo bailarinos, coletivos culturais, grupos, escolas, companhias e produtoras que contemplem atividade cultural em dança nas modalidades ballet clássico, neoclássico, contemporâneo, jazz, balé aéreo, dança do ventre, sapateado, dança flamenca, danças urbanas e dança de salão.

O homenageado deste ano é o bailarino Aberlado Teles. Abelardo atua a mais de 25 anos na dança, já recebeu em média oito prêmios por meio da companhia que está atualmente e é diretor da CIA Pulsar. A escolha do artista faz jus à importância do seu trabalho para dança no Maranhão.

Dentre as categorias para inscrição estão: Coreografia; Mostra Competitiva; Oficinas e Performances/Espetáculos/Intervenções.

Além das performances, apresentações de espetáculos e intervenções o público também assistirá as amostras nas categorias “Criança na Dança”, “Melhor Idade”, “Eu danço, tu danças… nós dançamos” e a Mostra Competitiva nas classes: Solos, Duos, Trios e Grupos.

Nesta última categoria grupos da cidade concorrerão ao 1º lugar e ao troféu Ana Duarte. O resultado será divulgado na noite de Gala da XI Semana Maranhense de Dança, no dia 05 de novembro.

O público também poderá participar de oficinas de dança com profissionais do Maranhão e de outros estados. Serão aproximadamente 15 oficinas de dança: sete para a categoria iniciante e oito para a categoria avançado. A data para o período de inscrições nas oficinas será divulgada no site e nas redes sociais do Teatro Arthur Azevedo.

Para mais informações sobre o edital e as categorias para inscrição acesse o site do Teatro Arthur Azevedo ou ligue para 32189901.

A conquista da comédia do Pão com Ovo teve inicio em São Luís. A consolidação do seu sucesso acontece justamente em solo maranhense. Há quem diga que santo de casa não faz milagre, pode ser verdade, mas quando o santo resolve contrariar o ditado é sinal que ele é ‘porreta’.

Assim acontece com a companhia Santa Ignorância à frente da Comédia Pão com Ovo. No grupo teatral eles mostram que tem base e podem ir a qualquer lugar do Brasil e voltar que vão continuar a ser sucesso em sua terra natal. Situação dificil mas que é realidade para o trio César Boaes, Adeílson Santos e Charles Jr

A comédia “Pão com Ovo” esteve em duas temporadas no Rio de Janeiro e uma vez em São Paulo. Essas temporadas serviram como ponta pé inicial para conquistar o Brasil. Antes, diga-se de passagem, a comédia já tinha passado por Portugal.

Elenco do Pão com Ovo no Teatro Miguel Falabella em sua segunda temporada no Rio de Janeiro

Mas agora é a vez de passar por todo o Maranhão através do projeto incentivado “Caravana Pão com Ovo” que conta com patrocínio da Cemar através de incentivo fiscal concedido pelo Governo do Maranhão. As próximas apresentações da Caravana em São Luís acontecem na Vila Luizão, 27 de agosto; no Parque Folclórico da Vila Palmeira, 09 de setembro; e no Ceprama, Centro no dia 10 de setembro.

Outras datas

10/08 – São Benedito do Rio Preto

12/08 – Pedreiras

15/08 – Colinas

17/08 – Imperatriz

25/08 – Raposa

Esta temporada da Caravana “Pão com Ovo” teve início no dia 28 de julho e vai até o dia 10 de setembro, contemplando 11 cidades, sendo 8 das quais com apresentações inéditas da comédia de maior sucesso do teatro maranhense. As apresentações acontecem sempre às 19h e os locais de cada cidade podem ser acompanhados pelas redes sociais da comédia Pão com Ovo.

A cultura popular do Maranhão  levantou mais triste. O cantor e compositor João Costa Reis, ou melhor, João Chiador, foi começou a ser velado na manhã desta segunda-feira na Pax União para família e amigos e logo em seguida, às 8h, foi levado para a Casa do Maranhão, região central da capital maranhense. João Chiador morreu ontem, domingo, após sofrer uma parada cardiorrespiratória em casa.

Em seguida Chiador foi levado para a  sede do Boi de Ribamar, em São José de Ribamar-MA, onde era cantador desde 1993. Pela tarde, às 16h, o cortejo segue rumo ao Cemitério Jardim da Paz, na Estrada de Ribamar, onde o corpo será enterrado.

Trajetória

João Chiador tinha mais de sessenta anos de carreira dedicados ao bumba meu boi do Maranhão. Conhecido pela voz marcante e grandes toadas, a exemplo de “São Luís Cidade dos Azulejos”, Chiador foi cantador do Boi da Maioba, onde ficou por mais de três décadas, e integrava atualmente, desde os anos 1990, o Boi de Ribamar.

Em 2016, já lutando contra a diabetes e o mal de Alzheimer, João Chiador teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Na época, precisou ficar internado por vários dias no Hospital Carlos Macieira, em São Luís