Tudo ou nada. O presidente do PMDB Nacional, senador Romero Jucá (PMDB-RR), afirmou que o partido fechou questão em relação a votação de denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB). A decisão é votar pelo não prosseguimento da denuncia oferecida pela PGR (Procuradoria-geral da República).

“O PMDB Nacional fechou questão em relação à votação da denúncia contra o presidente Temer”, escreveu em seu perfil no Twitter. Quem for contra a decisão da cúpula do partido pode sofrer sanções, ainda segundo o presidente do partido.

 

“Reafirmo que, como presidente do partido, qualquer ato em contradição a essa decisão sofrerá consequências”, afirmou. A bancada maranhense deve seguir a orientação do partido. O Maranhão conta com três deputados do PMDB, são eles Alberto Filho, Hildo Rocha e João Marcelo Souza.

 

Na manhã desta terça-feira o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), anunciou mudança em sua equipe de governo. Em seu Twitter, o governador, anunciou o novo nome do presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema).

“O novo presidente da Caema será Carlos Rogério, que é do quadro da empresa e atual diretor. Vai concluir importantes obras já adiantadas”, revelou Dino em seu twitter.

NINGUÉM É DEMITIDO

Segundo Dino, a saída de Telles se deve para fortalecer as políticas de ciência e tecnologia. Haja vista que Davi Telles irá para a pasta de Ciência e Tecnologia, substituindo Jhonata Almada.

O novo presidente da Caema terá como desafio concluir as obras em andamento e iniciar o Plano de Revitalização de Sistemas (PRS).

 

Amor é um sentimento que não se deve questionar. Talvez seja esse o sentimento que o deputado federal Wladimir Costa (SD-PA) nutre pelo presidente Michel Temer. No último sábado (29), o deputado paraense apareceu em seu estado, ostentando uma tatuagem com o nome do presidente Michel Temer no ombro direito.

Já passou vergonha

No processo de impeachment da então presidente Dilma Rousseff, Vladimir protagonizou um dos momentos mais engraçados no encaminhamento da abertura do impedimento da ex-presidente. Abaixo o vídeo original e algumas paródias.

Versão Remix

O senador Edison Lobão (PMDB-MA) participou de solenidade em São Luís nesta segunda-feira ao lado do ministro da saúde, Ricardo Barros (PP). O peemedebista falou ao jornalista Diego Emir (veja) que será candidato ao mesmo cargo que ocupa hoje.

Sou candidato  à  reeleição – Edison Lobão, senador pelo PMDB-MA