Pelo menos por enquanto, a ex-subsecretária de Saúde Rosângela Curado, está livre da prisão. A suplente de deputada federal, Rosângela Curado (PDT), obteve um habeas corpus no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1).

A decisão foi tomada pelo maranhense e desembargador federal Ney Bello, membro da Terceira Turma do TRF-1.

Rosângela foi presa pela Operação Pegadores da Polícia Federal que investiga desvios na ordem de R$ 18 milhões na Secretária Estadual de Saúde do Maranhão.

Apesar de ter sido exonerada em 2015 dos quadros do Governo do Maranhão, Rosângela Curado, até então, era aliada de primeira hora do governador Flávio Dino. Agora Curado estará livre para desempenhar sua defesa.