As inscrições para o curso de artes do Teatro Arthur Azevedo foram prorrogadas. Os interessados têm até o dia 26 de janeiro para realizar a inscrição na administração do teatro, em horário comercial, portando  xerox de documentos de identidade e foto 3×4.

Alunos da rede pública de ensino com idade entre 07 até 17 anos estão aptos para se inscrever nos cursos gratuitos de artes oferecidos pelas Secretárias Estaduais de Educação e Cultura e Turismo com o projeto do Núcleo de Arte Educação. Os alunos terão aulas de dança contemporânea, ballet clássico, piano e teatro no turno matutino.

Haverá seleção dos inscritos por meio de testes e o curso tem duração de um ano. Para escolha dos novos alunos serão realizados testes de aptidão, a curadoria é composta pelos professores Egnaldo Gomes (dança), Cristiano Cavalcante e Joel Tavares (piano) e Suany Torres (teatro).

Com a prorrogação das inscrições as datas de audição foram modificadas passando a acontecer nos dias 29 e 30 de janeiro no Teatro Arthur Azevedo. Para mais informações ligue 32189901 ou envie um e-mail para [email protected].

Foto oficial do presidente Fernando Collor de Melo.

Tenho uma vantagem em relação a alguns candidatos porque já presidi o país. Meu partido todos conhecem, sabem o modo como eu penso e ajo para atingir os objetivos que a população deseja para a melhoria de sua qualidade de vida

Foi o que revelou o senador Fernando Collor na rádio Gazeta de Arapiraca (AL) que pertencente ao grupo midiático de sua família. Hoje Collor pertence ao PTC; é a continuação do partido, PRN, que o levou a presidência do Brasil em 1990. Collor já foi absolvido na suprema corte e se diz injustiçado. As eleições de 2018 será a volta dos que não foram. Dilma no Senado, Lula na Presidência e Collor também concorrendo ao comando do Palácio do Planalto.

No Maranhão o partido é comandado pelo deputado estadual Edivaldo Holanda. Isso, em tese, significa dizer que o governador Flávio Dino vai dar palanque a mais um “coroné (sic)” da política brasileira.

 

Através de seu mais novo aliado, o Democratas, o Governo do Maranhão acaba de receber um repasse do Ministério da Educação (MEC) de R$ 16,7 milhões destinados para as escolas de tempo integral no Maranhão.

A articulação foi feita pelo deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA) depois de aproximação com o governador Flávio Dino através do secretário de educação Felipe Camarão.

Aliás, Camarão é prometido como o mais novo filiado do Democratas maranhense. Quem confirmou a informação de filiação foi o próprio Flávio Dino dias atrás. Felipe ainda não comentou sobre o assunto.