O presidente condenado (em primeira instância) Luiz Inácio Lula da Silva segue pelo Nordeste fazendo ampla campanha (pré) eleitoral.

A caravana segue viagem.

Ontem esteve em Brasília Teimosa, em Recife(PE) e João Pessoa (PB). Por lá falou que não ia falar (já falando) do seu algoz Sérgio Moro “Não vim aqui falar de Moro”, disse Lula. Ele vai continuar sem citar o juiz Moro em toda oportunidade que tiver para alfinetar o magistrado.

Lula escolheu o Nordeste para amarrar o seu burro na tentativa de voltar ao comando do Brasil. Acredita que por aqui terá a antecipação de seu julgamento. Imaginava o cenário de que o povo o receberia de braços abertos. Mas ao que parece o “júri popular” não tem comparecido em suas andanças.

A presença maior são dos companheiros. Os movimentos sociais são convocados em cada estado para acompanhar a comitiva da caravana da alma mais honesta do mundo.

Luiz Inácio quer ser julgado pelo povo antes das eleições e pressionar a justiça a não o condenar ou, na melhor das hipóteses, não julgar o caso.

Mas parece que escolheu figuras que até então eram chamadas de cabeça intelectual do “golpe” para rebocar sua caravana. Em Pernambuco, Lula fez um aceno ao PMDB de Renan Calheiros e José Sarney. Os elogios foram para as redes sociais também, Lula confidenciou que “Renan pode ter os maiores defeitos do mundo, mas o ajudou a governar o país” e que ele ainda acredita em alianças políticas.

Isso quer dizer, eleitor, a aliança com os mesmos personagens vai continuar em 2018. Lula disse ainda que não ganha eleição sozinho.

A direção do PT do Maranhão jura que Lula vai passar pelo Maranhão sem mencionar o nome de Sarney e sua filha Roseana. Não consta na agenda oficial encontro com o ex-senador (e ex-presidente). A questão de não constar na agenda não diz nada. Que diga o Temer. Afinal a atual direção do PT Maranhão não faz parte do grupo sarnopetista. Não faria sentido algum divulgar um encontro do qual a direção não compactua. Aliás, não sei.

No texto “Qual será o tom da passagem de Lula pelo MA”, publicado aqui, provoquei falando que ‘O tom da passagem de Lula será determinante para avaliar se as relações de Sarney e Lula estão estremecidas’. Porém Lula já respondeu quando passou por Pernambuco.

Hoje no Maranhão, querendo ou não, Lula tem o voto da maioria. Mas isso não acontece hoje no congresso nacional. Pegue como exemplo o que aconteceu na votação da abertura do processo do impeachment da Dilma na Câmara de Deputados, o julgamento do impeachment no Senado Federal e o arquivamento da denúncia do presidente Michel Temer na Câmara dos Deputados novamente.

O governador Flávio Dino (PC do B) tem maioria dos deputados federais mas essa aliança não reflete em voto, as ovelhas são desgarradas. Isso não interessa em um eventual governo.

A posição de Sarney a favor do impeachment pode ser entendida como questão pessoa do ex-presidente com a ex-presidente.

Vale lembrar: Sarney não votou na Dilma no segundo turno. Mas a relação de Sarney com Lula é outra. São aliados e afinados.

E quem discorda que o governo do Michel Temer está sendo perfeito para pavimentar a volta de Luiz Inácio? O golpe ajudou. Agora só falta o judiciário inocentar a alma mais honesta do mundo ou simplesmente não julgar até o final de 2018.

O próximo capítulo dessa relação será quando a caravana a reboque chegar na capital do Maranhão.

Aguardemos.

Luta será transmitida no bar Vila Madalena, no Turu.

O mais novo boxeador bilionário de Las Vegas, o americano Floyd Mayweather, enfrenta neste sábado o lutador de MMA Conor McGregor. Mesmo em casa, Mayweather não é o favorito na torcida. O irlandês McGregor é o favorito da torcida em Las Vegas.

Para Mayweather torcida não vence luta. Casas de apostas e especialistas apontam o americano como favorito para a luta.

McGregor aos 29 anos, o único homem a ter dois cinturões do UFC ao mesmo tempo fará sua estreia no boxe profissional. Subirá ao ringue para levar R$ 220 milhões, mas terá do outro lado uma lenda da “Nobre Arte”, invicto em 49 duelos. Aos 40 anos, Floyd se aposentou em 2015, mas foi seduzido pelos números surreais dessa luta, que irá movimentar R$ 1,9 bilhão entre bolsas de luta, vendas de pay per view, casas de apostas e outras questões, batendo um recorde atrás do outro. Com hotéis lotados e casas de apostas a todo vapor, Vegas sorri e espera para ver quem levará a melhor.

A luta será transmitida no Brasil pelo Canal Combate. Mas a turma se junta na casa de amigos, bares e casas de shows para assistir lutas como essa. Será o caso da Vila Madalena Bar, localizada na Chácara Brasil (Turu), que vai transmitir a luta para seus clientes. O bar conta ainda como atração o cantor Caio Monteiro e Mattheus Feitosa e promoção de cerveja Devassa dobrada das 18h às 20h.

 

 

Por conta do feriado estadual,  nesta segunda 28 de agosto, não haverá atendimento nas agências e postos bancários no Maranhão. A comemoração, em forma de feriado, do Dia dos Bancários do Maranhão foi instituído pela  Lei Estadual nº10.100 de 2014. O sindicato dos bancários informam que os boletos bancários com data de vencimento em 28 de agosto poderão ser pagos na terça (29), sem prejuízos ao consumidor. Os bancos se organizam previamente para evitar vencimentos nesse dia.

A festa é no domingo

No domingo (27), na sede recreativa do sindicato, haverá programação cultural para os funcionários. A sede fica localizada no Turu, em São Luís. A partir das 8h o Torneio Início de Futebol Society, que inicia o 38º Campeonato Bancário.

Às 12h ocorre a premiação dos vencedores e será servido, gratuitamente, o tradicional churrasco para a categoria. Os grupos Feijoada Completa, de samba, Taís Moreno e Banda e Forró Estilizado são atrações confirmadas na programação.

Em Imperatriz, a categoria comemora a data neste sábado (26), na Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB), com a banda de forró Farra de Luxo e da banda Assalto (pop&rock). Também serão sorteados prêmios aos bancários